Receba dicas grátis!

Coworking médico inova como o novo Airbnb para clínicas

Coworking médico inova como o novo Airbnb para clínicas

As ideias empreendedoras surgem, muitas vezes, de forma inesperada. É preciso, no entanto, estar atento para identificar as oportunidades que se colocam ao nosso alcance pelos movimentos do dia a dia. Ter desprendimento para ser disruptivo quando necessário e criatividade para sair da zona de conforto! Ir além do que está posto para gerar soluções diante dos desafios que se impõem. Isso porque, por mais que planejemos muitas estratégias, os caminhos traçados podem nos levar a destinos surpreendentes.  Esse é o caso da Espaço Médico Brasil, o coworking médico que evoluiu seu negócio para o HUB de Consultórios, modelo de compartilhamento de consultórios, mais conhecido como o Airbnb para médicos.

Como funciona o HUB de Consultórios

“A proposta é uma evolução do modelo tradicional de coworking médico. No Hub de Consultórios, o médico tem à sua disposição uma série de clínicas, preparadas para recebê-lo de forma profissional com todo o apoio do nosso call center e portal para marcação de consultas. O resultado para o médico é uma maior flexibilidade de horários e possibilidade de atender pacientes de diversos bairros da cidade. Isso sem contar a redução de despesas. Para as clínicas, redução da ociosidade de consultórios vagos e aumento de faturamento”, explica Liana.

O hub já conta com consultórios na Barra da Tijuca, Recreio, Jacarepaguá e na Zona Sul. Além de estar próximo de chegar aos estados de São Paulo, Minas Gerais e Ceará. “Novos desafios têm surgido com um dinamismo muito maior do que em outros tempos, ainda mais neste momento, com a pandemia. E as soluções precisam nascer com a mesma agilidade. Com base nesses aspectos, o propósito do Espaço Médico Brasil tem se desenvolvido para além do coworking. Hoje, somos uma empresa de soluções na área da saúde”.

Consultório Compartilhado na Freguesia

Como tudo começou

A empreitada foi idealizada pela empresária Liana Segal, CEO do Espaço Médico Brasil,  empresa que sempre teve o futuro em seu DNA. Há mais de 20 anos, surgiram como o primeiro coworking médico do país. Em 2020, ela decidiu, em meio à pandemia, apostar no franchising para expandir o seu negócio. A empresa que já possui duas unidades na Barra da Tijuca, lançou o modelo na Expo Franchising ABF Rio Virtual, no final de setembro.

A procura pelo seu estande foi grande, no entanto, as interações suscitaram demandas do público que uma franquia não comportava. O desafio de desenvolver algo que já fidelizasse esses contatos feitos no evento estimulou a empreendedora, que pensou e agiu rapidamente.

“Verifiquei que, mais do que uma franquia de coworking, os visitantes, que possuem espaços ociosos, buscavam comodidade, menos burocracia, mais agilidade, ampla flexibilidade, base tecnológica e um custo mais acessível”, conta Liana.

Os fatores elencados evidenciam a preocupação de quem tem consultórios. Com a pandemia, 82% dos médicos tiveram queda de renda, de acordo com a pesquisa “Impacto da Pandemia na Vida do Médico”, realizada pelo grupo Médicos sem Jaleco. O mesmo estudo apontou que a média de baixa de receita entre os profissionais foi de 44%, em comparação com o período que antecedeu a crise sanitária, e que quase metade teve redução de faturamento superior a 50%, o que gerou uma disparada na devolução de chaves desses pontos.

Redução de custos com consultório

Segundo dados do Sebrae, um médico que possui o seu próprio consultório arca com um custo mensal para operar entre R$ 5 mil a R$ 25 mil. Foi com base nesses números que Liana recorreu à sua experiência com economia colaborativa para desenvolver uma plataforma online que unisse as pontas a fim de reverter esse quadro. Surgiu, assim, o Hub de Consultórios Espaço Médico Brasil. Trata-se de uma proposta inovadora que permite o intercâmbio de médicos, nutricionistas, fisioterapeutas, psicólogos e odontólogos em busca de um espaço para atender.

Além disso, propõe clínicas com consultórios bem montados disponíveis para locação por período a um bom custo-benefício. O resultado é aproximar esses profissionais dos pacientes no endereço de sua escolha e com todo o suporte logístico e de marcação de consultas. Tudo isso a um investimento que representa apenas 10% das despesas que se teria com o próprio ponto.

 

Para saber mais e navegar na plataforma, acesse www.espacomedicobrasil.com.br/hub-de-consultorios/

Adicionar comentário